Alpha Notícias

Alunos fazem “vaquinha” para viagem de estudo a universidades do Canadá e EUA

Quatro alunos do Instituto Alpha Lumen foram aprovados em cursos de verão

 

Talita Ferreira, Pedro Cleto, Andreza Marques e Anna Cavalcanti. Foto: Pedro Ivo Prates/Meon

 

 

Quatro alunos do Instituto Alpha Lumen de São José dos Campos foram classificados para cursos de verão em universidades renomadas nos Estados Unidos e Canadá. Talita Ferreira, Pedro Cleto, Andreza Marques e Anna Cavalcanti concorreram com alunos do mundo todo para conseguir as bolsas. Os quatro estão fazendo uma vaquinha online para o custeio da viagem.

 

Nuricel Villalonga Aguilera, Fundadora do Instituto Alpha Lumen, explica que o processo seletivo é todo feito em inglês, muito rigoroso e concorrido, algumas universidades disponibilizam somente 40 vagas concorridas no mundo inteiro.

 

“Eles se escreveram nas universidades que queriam, mandaram currículo, portfólio e escreveram textos explicando o porquê querem fazer o curso e como isso contribuiria para o mundo”, conta Nuricel.

 

Para ajudar os alunos, os interessados podem fazer doações pela internet no site vakinha.com.br. Também é possível apadrinhar um aluno ou patrocinar. Para fazer qualqur tipo de contribuição, as pessoas podem ligar diretamente no telefone (12) 3207-5060. Nuricel explica que o dinheiro arrecadado será aplicado nos estudos dos quatro alunos.

 

Pedro Cleto

Pedro Cleto, 17 anos

Irá para University of Waterloo no Canadá e fará um curso de Criptografia Quântica. O programa estimula a pesquisa para a inserção da computação quântica em tecnologias e técnicas avançadas. A cripitografia quântica é a técnica mais segura no que diz respeito a tecnologia da informação.

 

“Desde pequeno sempre quis trabalhar com essas coisas, ser cientista. O que me motivou a fazer esse curso foi outro aluno aqui do Alpha Lumen que fez […] Por ser quântico você liga informação, matemática e física quântica”, conta Pedro.

 

Talita Roberta Ferreira

Talita Roberta Ferreira, 15 anos

Aprovada no curso de verão na Ohio State University College of Medicine nos EUA. Durante 3 semanas, os participantes irão ter uma experiência de aprofundamento, pesquisa e aplicação da medicina na sociedade.

 

A aluna diz que deseja viver a experiência em Ohio e trazer conhecimento para o Brasil. “Quanto mais a gente se aproxima do desenvolvimento da saúde, mais a gente se aproxima de uma sociedade mais justa”, afirma.

 

Anna Beatriz Forato Cavalcanti

Anna Beatriz Forato Cavalcanti, 17 anos

Fará um curso de Linguística em Stanford, também nos EUA. O programa tem a duração de três semanas e abordará temas relacionados ao surgimento da língua e a ideologia na linguagem. Os participantes também produzirão um artigo acadêmico ao longo das três semanas.

 

A estudante conta ainda que no ano passado ela conseguiu ser aprovada no programa, mas não foi, pois não teve condições de arcar com os custos.

 

“Ano passado eu passei, mas não tinha bolsa. Não fui, porque não tinha condições. […] Eu estou bem nervosa, nunca fui para o exterior. Vai ser uma experiência e uma oportunidade única”, relata.

 

Andreza Marques de Oliveira

Andreza Marques de Oliveira, 17 anos

Participará de um curso de Relações Internacionais na universidade George Mason em Washington DC, capital dos EUA, com a duração de 10 dias. A aluna explica que o curso é uma conferência de jovens com perfis de liderança.

 

“Minha preparação foi um pouco diferente. Tinha em mente fazer uma faculdade fora e por isso fui pra São Paulo fazer uma prova. Depois que fiz a prova, recebi uma carta me convidando a representar o Brasil na Conferência. […] Nos 10 dias iremos debater problemas que estão acontecendo no mundo”, relata Andreza.

 


FONTE: MEON

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *